AMAMEDE - Escultura

AMAMEDE - Escultura

 Nome da obra: cubitus

Sobro e vidro

70 cm

2250 Euros

Nesta escultura o autor adopta a abstracção como linguagem e utiliza diferentes materiais: sobro e vidro unidos por gesso e metal. Tal como os dois ossos do antebraço, as peças de sobro, em bruto, constituem a base da escultura dando origem a formas de grande simplicidade e de alguma rudeza que o vidro atenua mas não esconde. Desta forma, a estrutura da escultura desenvolve-se misturando elementos naturais (sobro) e sintéticos (vidro, metal e gesso) sugerindo memórias intrusas e desafiando sensações que assentam nas duas formas simples de madeira apoiadas sobre uma base do mesmo material anquilosadas pelos outros materiais. Procura jogar-se com uma certa ambiguidade, não só pelo contraste entre a rudeza grosseira do sobro não aparelhado e a lisura do vidro, mas também pela exploração da condição de materiais inertes que combinados sugerem uma estrutura escultórica sugestivamente humanoide (Cubitus).

Do autor:

Amamede (António José Mamede de Albuquerque) nasceu em Cabo Verde, em 1943. Com dupla nacionalidade após a indepência de Cabo Verde, acabou por optar pela nacionalidade portuguesa. Professor do Ensino Superior (Doutorado em Medicina), dedica-se à Pintura e à Fotografia desde 1975 e mais recentemente à Escultura.

            Expôs pela pela primeira vez, na "Exposição Artistas de Coimbra", organizada, em 1988 pelo XI Congresso Nacional de Ortopedia.

            Associado do Movimento Artístico de Coimbra desde 1988, começou a dar colaboração, a partir de 1994, ao ensino de Anatomia Artística dirigido a alunos da ARCA-ETAC.

Actualmente é Professor Associado da Escola Universitária de Artes de Coimbra onde lecciona Anatomia Teórica (1º e 2º anos das diversas licenciaturas).

 

PARA VER OUTRAS OBRAS DO MESMO AUTOR CLIQUE

to_escult.ppt (3,1 MB)
http://www.amamede-artistaplastico.webnode.com/